27/12/10

Lagartos são a paródia nacional

Costinha proibiu os jogadores de usarem brincos quando estão ao serviço do Sporting, apurou o Correio da Manhã. Em Alvalade existe um dress code (código de vestir) e o director para o futebol não gosta que os jogadores usem este tipo de acessórios, uma vez que no entender do dirigente dão uma imagem pouco consentânea com o que deve ser um jogador profissional de futebol.
O grau de exigência de Costinha é tão grande que vai ao pormenor de chamar a atenção dos jogadores que utilizem o chapéu do clube com a pala para trás.
Pelo que o Correio da Manhã apurou, estas medidas rigorosas não caíram bem em alguns elementos do plantel. É que entendem que Costinha pretende com isto interferir na imagem individual dos atletas. O director também não é adepto das tatuagens, algo que vários jogadores do plantel ostentam, casos de João Pereira, Torsiglieri e Matías Fernández.
Há muito que este clube se tornou numa anedota, mas não era preciso exagerar.
Ainda bem que em tempos de crise há algo para nos alegrar!

3 comentários:

  1. Não jogam merda nenhuma, mas quero que andem bem vestidos!!!

    será esta a ideia do Costinha?LOL

    http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/12/negocios-estranhos.html

    ResponderEliminar
  2. eh eh eh, coitados, a esses já nem dá gosto bater, eles auto flagelam-se

    ResponderEliminar
  3. Anónimo28.12.10

    O senhor Costinha deveria era estar preocupado com a falta de qualidade dos seus alfaiates...
    Um homem que se veste como um "palhaço" está preocupado com brincos, tatuagens e afins?
    Ora esta também está muito boa...
    Não tem espelhos?

    ResponderEliminar