07/10/10

Entrevista LFV

Saída de Jogadores - O presidente dos encarnados garante que nenhuma das jóias da coroa sairá do Benfica até final da temporada. Confiando na revalidação do título, o principal objectivo em 2010/11, Vieira promete resistir a eventuais ofensivas dos tubarões na reabertura do mercado, em Janeiro.
“Não sai ninguém, nem Coentrão. Nenhum daqueles jogadores que são cobiçados no mercado internacional sairá esta época”, torna claro o líder da SAD benfiquista, na entrevista à Antena 1, na qual passa em revista a actualidade encarnada e do futebol português.
O Benfica tem em marcha um plano de renovação de contratos com os principais elementos do plantel. Fábio Coentrão já prolongou a ligação ao emblema das águias até 2016, apesar de a cláusula de rescisão manter-se nos 30 milhões de euros. Outros estão em fila de espera: Maxi Pereira, Luisão e David Luiz
Quanto a reforços, os lisboetas asseguraram cinco no verão: Roberto, Fábio Faria, Gaitán, Salvio e Jara. Vieira considera que os encarnados não necessitam de ir ao mercado em Janeiro, no sentido de apetrechar o grupo às ordens de Jorge Jesus. No entanto, também esclarece que o reforço do plantel dependerá do entendimento do técnico.
Deslocação ao Dragão - "Peço a Deus que não nos apedrejem o autocarro, senão podem ter uma surpresa muito grande."
A equipa encarnada esteve reunida na semana passada com o ministro da Administração Interna, Rui Pereira, com o objectivo de o sensibilizar para os problemas que a equipa tem encontrado nas deslocações ao Porto.
Luís Filipe Vieira, que garantiu que Rui Pereira "tem a mesma preocupação" que o Benfica, negou ter como alvo os adeptos dos Dragões:
"Não vamos confundir as pessoas do Porto e os adeptos do Porto com um bando de malfeitores, que de uma forma cobarde se entretêm a apedrejar o nosso autocarro. Os adeptos do Porto, como os adeptos do Benfica, gostam de futebol e o futebol não é isso."
O dirigente passou a bola às forças de segurança, de quem afirma ser a responsabilidade de garantir a tranquila deslocação da equipa ao Porto:
"Não vamos dizer a que horas vamos sair, porque estamos num país livre, a partir daí, o autocarro sai, o problema passa a não ser nosso, mas de quem tem de fazer segurança ao Benfica."
Apito Dourado - O presidente do Benfica, Luís Filipe Vieira, comentou, em entrevista à "Antena 1", as novas escutas telefónicas relativas ao processo Apito Dourado, que foram publicadas no "YouTube" no sábado.
Para o dirigente encarnado, a justiça, "com a cumplicidade de alguns juízes, ajudou criar uma ideia de impunidade que algumas pessoas têm no futebol português", as quais já começam a ter a "tentação de voltarem a movimentar-se da mesma forma", devido à ausência de castigo.
Luís Filipe Vieira faz especial alusão a Pinto de Sousa, antigo presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol, que "anda a jantar e a almoçar com muitos árbitros novamente."
Para o presidente das águias, "é claro como a água que todas as práticas de que eram acusados aconteceram", e não poupou críticas à falta de actuação do sistema judicial.
"É caso para dizer que a Justiça faltou à verdade, ou que a Justiça branqueou a verdade", disse.
Vilas Boas - Luís Filipe Vieira, presidente do Benfica, irónico para Villas Boas. Erros de Xistra em Guimarães, sim... em prejuízo do Vitória.
Coberto de razão ao criticar a arbitragem do albicastrense Carlos Xistra no embate de segunda-feira, na cidade-berço estava André Villas Boas. Esta a opinião de Luís Filipe Vieira, que, em entrevista à Antena 1, usou de ironia para concordar com o técnico portista a propósito do V. Guimarães-FC Porto, ao mesmo tempo que aproveitou para questionar a razão de um facto desta Liga: o não assinalar de grandes penalidades desfavoráveis aos dragões e favoráveis à águia.
«Tem toda a razão o sr. Villas Boas ao criticar a arbitragem. Houve erros gravíssimos, nomeadamente um penalti que ficou por marcar, a favor do V. Guimarães. Aliás, o V. Guimarães tem razões de queixa mais do que suficientes da arbitragem, é natural que estejam insatisfeitos. Aliás, neste Campeonato já toda a gente se apercebeu que, contra o FC Porto não se marcam penaltis e a favor do Benfica também não! É algo que parece que está instalado na arbitragem. Agora não sei quem é que informou o Sr. Villas Boas sobre esse mesmo penalty. O que não tenho dúvidas é que passou por uma situação ridícula e caricata», afirmou o presidente do Benfica.

2 comentários:

  1. Tive pena mas não a ouvi, mas pelo que aqui deixaste, julgo que LFV esteve em bomplano e mostra estar atento, nomeadamente quando relata os jantares de Pinto de Sousa com árbitros

    ResponderEliminar
  2. Jotas, acho que a podes ouvir no site da RTP.

    http://forcamagicoslb.blogspot.com/2010/10/vamos-indignar-nos.html

    ResponderEliminar